Cenas Lamentáveis

Eu queria muito vir aqui falar do final de semana incrível que eu tive, mas infelizmente ainda estou impactada pelas cenas horrorosas da noite de ontem. Antes de seguir com minha humilde opinião, devo dizer que não sou petista, votei no PT somente em 2 oportunidades na vida (Suplicy <3 ) e nunca numa eleição presidencial. Acho o governo Dilma uma lástima, vejo ela como uma tamanha incompetente que não perdeu uma oportunidade de se afundar ainda mais. 

Disclaimer feito, digo que acho esse impeachment muito equivocado. Não porque dona Dilma não mereça, mas porque acho que a nossa democracia não merece. Somos uma democracia nova, que em 5 de outubro fará 30 anos. Tivemos um presidente que morreu, outro impedido e agora provavelmente um terceiro vice assumindo. Isso quer dizer que nesses 30 anos, tivemos 2 casos em que a pessoa eleita pelo povo pode governar durante seu mandato. Não vejo com bons olhos essa situação.

Vejo com menos bons olhos ainda um impeachment baseado nas tais pedaladas fiscais. Nem o STF se decidiu ainda se isso trata-se de crime de responsabilidade. E pior: nem é esse o ponto dos nossos parlamentares. Ontem percebemos bem que os nossos Congressistas estão cagando baldes para as pedaladas. Eu parei de assistir a votação quando deu 342 votos a favor do sim, mas até esse momento, TRÊS parlamentares tinham mencionado pedaladas fiscais e crime de responsabilidade em seus votos. TRÊS, entre quatrocentos e lá vai pedrada. Ah, e dois deles para votar contra. 

O que a gente viu ali foi um festival de gente agradecendo filhos, famílias, invocando o nome de Deus em vão. Os eleitores que os colocaram ali, nada. Um mixaria lembrou de falar "pelos eleitores que me colocaram aqui". Porque sim, essa é a ordem das coisas na cabeça dos nossos políticos: eu > minha família > meus cachorros > meus vizinhos > .... > abismo > meus  eleitores > resto da população. Nem vou me ater aqui ao presidente corrupto da Câmara ou ao demente que invocou o torturador da presidente no púlpito parlamentar, porque esses daí tinham que estar na cadeia há anos. Mas volto, ninguém ali estava preocupado com crime de responsabilidade, ninguém ali estava ligando pro impacto disso na democracia. O nível daquilo foi horrível, de chorar encolhido no canto. 

Considerando que há registros de que o partido do Vice vem se reunindo com deputados há mais de um ano para explicar o procedimento do impeachment, para arrebanhar votos, fica claro que as pedaladas foram só a desculpa e não motivação. Que a motivação é o inconformismo com o resultado da eleição passada. Que para chegar a esse resultado a oposição vem dificultando a governabilidade, ainda que isso signifique ferrar a população. Vocês já ouviram falar na pauta bomba, né? Pois é. Desde a eleição de 2014, a oposição vem votando para contrariar o governo, sem entrar no mérito do que é bom para o Brasil ou não. 

E diante desse quadro todo, eu não consigo pensar em primeiro lugar na ojeriza que tenho do PT. Não consigo. Eu não votei na Dilma, fiquei decepcionada com sua segunda eleição, mas defendo o seu direito de ser incompetente até o fim de seu mandato. No momento, penso somente que as nossas instituições estão seriamente ameaçadas, que a nossa democracia está seriamente ameaçada, que o nosso poder de voto está sendo castrado e que a longo prazo podemos sofrer consequências e retrocessos gravíssimos. 

Mas agora Inês é morta. Não interessa de que lado estamos, não há nada a festejar. Precisamos sim torcer, rezar, implorar, para que alguém lembre de nós. E que a gente olhe pra essa votação como espelho, e veja a merda que estamos refletindo por aí. 

12 comentários:

  1. "fica claro que as pedaladas foram só a desculpa e não motivação". vc resumiu tudo. ai gabi, dá tristeza. dá cansaço. dá dor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muita tristeza, e muita decepção. Assistir aquilo foi dolorido demais. Não merecemos.

      Excluir
  2. Ótimo texto!!! Infelizmente ninguém nesse congresso tá muito preocupado com o Brasil, estamos vivendo a maior palhaçada política do nosso país. Lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um horror. Agora o Sr. presidente corrupto da Câmara decidiu que enquanto o Senado não julgar o impeachment, a Câmara não vai votar nenhum projeto. Pode uma coisa dessa? Num momento desse, em que precisamos andar pra frente, tomar as medidas necessárias pra tentar sair do buraco, esse pulha sequestra o Brasil. É assustador. Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Texto maravilhoso, Gabi! Você falou por mim também, concordo com tudo que você disse. Eu fiquei chocada mesmo de ver tudo isso, ver gente comemorando e dando suporte pra esse show de horrores que aconteceu. Não é possível que tá todo mundo cego assim e não tá vendo a coisa toda se afundar mais ainda. A situação é desesperadora! :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fico chocada. Fico mais chocada ainda por ver gente esclarecida, educada, e tal, achar bonito o que aconteceu, simplesmente pelo prazer de ver o PT fora do poder. Não entra na minha cabeça e nunca vai entrar. Um horror.

      Excluir
  4. Gabi, como sempre, você muito sensata por aqui. O que aconteceu domingo parece mentira, né? Eu fico pensando: como um país do tamanho do nosso chegou nesse ponto? Como você disse, sendo à favor do governo Dilma ou não, não dá pra negar que esse negócio de impeachment é um grande golpe. E cara... fico pensando nos termos que as pessoas usam pra se referir à presidenta porque ela é mulher. Não tá fácil. Lembrei daquele episódio de Narcos que mostra os caras explodindo e mandando bala num ministério lá, não lembro direito. Era melhor explodir o senado, a câmara, tudo, e começar do zero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, a misoginia que anda permeando os comentários me enojam. Não é de hoje que durante os panelaços os idiotas gritam pela janela "puta, vaca, vagabunda", umas coisas ridículas. E a capa da Isto É? Ontem a Dilma fez um pronunciamento com o qual concordei muito. Ela disse algo do tipo: eles dizem que estou alheia a crise, que não estou entendendo, mas fato é que pra eles mulher tem que se descontrolar, ser louca, e eles simplesmente não aceitam a minha serenidade. Não sei exatamente as palavras, mas é isso.

      Eu vi uma montagem baseada na cina do cinema em Bastardos Inglórios, com a Shoshana ao fundo, e senti um prazer esquisito de imaginar a situação, hahaha.

      Excluir
  5. Eu ate agora to estarrecida com tamanha falta de decoro, profissionalismo e falta de interesse no bem do pais como um todo. Eu olho pra eles e vejo tudo farinha do mesmo saco, a oposição assumiu a pior postura do PT que e justamente travar todas as propostas do governo pra fazer impossivel governar, e o PT assumiu a pior postura da oposição que e subestimar seus politicos, roubar como se não houvesse amanha e ligar do "dar-se" pro pais. Eu me sinto decepcionada com todos eles, nennum deles me representa, nenhum deles representa ninguem, so o eles mesmos.
    Eu não achei nenhuma surpresa nesse processo de Impeachment, o resultado da urna foi tao apertado, juntou a incompetencia da presidente, e mais o sentimento vingativo dos outros partidos, saiu isso que a gente ta vendo. Particularmente eu sou a favor dessa mulher sair antes que ela ferre mais ainda o pais, no momento delicado que a gente vive somado a uma projeção de crise de mais de 10 anos, agora e a hora de fazer algo, não acho que a gente tem tempo a perder....MAS não concordo do jeito que as coisas estão sendo feitas, isso ta errado, eles estão todos errados. Como alguem falou ai em cima, achava que era lucro matar todos eles numa explosão e começar do zero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monique, constatação impecável: o PT assumiu a pior face da direita, e a oposição assumiu a pior face do PT. É o que você disse, nada salva. Porque sim, quem me vê dizendo que fiquei decepcionada com a eleição da Dilma pensa que eu acho Aécio grandes coisas, e não acho. Acho um lixo de político.

      Eu concordo que a manutenção do governo Dilma vai ser prejudicial, ela é teimosa, não dá o braço a torcer e perdeu todas as oportunidades de tomar medidas positivas. Mas acho também que respeitar a democracia é isso: pagar o preço por votar mal, como a Argentina pagou por 12 anos com resiliência. Enfim, agora é esperar e torcer para que as coisas funcionem da forma menos pior.

      Excluir
  6. concordo com cada letrinha desse teu texto, gabi. e é com agonia que assisto daqui, de longe, isso tudo que tá acontecendo no brasil. todo dia é uma notícia nova... uma mais absurda que a outra. tenho medo desse momento político do país, medo da cegueira, medo da intoerância... medo de onde isso tudo vai parar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É agoniante mesmo, e eu fico pensando onde chegaremos, sabe? Ninguém está pensando a longo prazo, todo mundo num dualismo raso, o debate vai de mal a pior, é desesperador. A intolerância está crescendo a níveis aterrorizantes, e as pessoas fingem não perceber, a internet tem servido como escudo e estamos vendo surgindo o que há de pior na nossa sociedade. Enfim, eu estou muito assustada, mesmo. Lamentável deixar o Brasil nessa situação :(

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top