Maio, o grande


Maio foi um mês muito importante por aqui. Começou doce que só: 1º de maio, meu 1º dia de casada. Mas daí pra frente foi muita correria, muita realização, várias coisas interessantes, enfim, rendeu muito! 
* * *

Meus sogros e cunhada no Brasil - foi especial demais. Eles não saiam dos EUA há mais de 40 anos, então estavam muito animados. Tê-los aqui para o nosso casamento foi lindo demais. Mati acabou saindo em lua de mel com eles, rs. Em 5 dias foram conhecer o Rio e Foz do Iguaçu, voltaram encantados. E aí então eu me encarreguei de mostras as belezas de São Paulo a eles. Fomos ao Centro, voltei ao Mercadão depois de anos, comemos sanduíche, pastel, experimentamos frutas, castanhas, enfim, aquela beleza que é. Subimos no Terraço Itália, vimos a selva de pedra, andamos pela Paulista, comemos bem. Foi muito legal. A despedida foi dolorida, porque me fez pensar que a partir de agora despedidas serão uma constante na minha vida. Mas a satisfação de tê-los aqui vendo a nossa vida, a nossa casa, conhecendo nossos amigos, foi maior que qualquer dor. 

Pedi demissão - Oh yeah! Estou cumprindo meu aviso prévio e jajá entro na estatísticas dos desempregados desse Brasel, hahaha. Brincadeira à parte, foi muito aliviante pedir demissão, contar o que estou vivendo, me preparar para aos poucos me desligar dos meus projetos. No dia em que falei, a sensação de leveza foi imediata. Além disso, eu trabalho com pessoas muito queridas, de quem eu precisava começar a me despedir de alguma forma, inserir na minha nova vida. Estamos vivendo juntos esse processo, e sou daquelas que sente saudades antecipadas, sabe? Já estou morrendo de saudades dos meus colegas. 
That feeling 
Festival Path - Fui a um festival que fomenta a transformação - dos indivíduos, das cidades, das empresas, da sociedade. Foi uma experiência tão enriquecedora para mim que merece post próprio. Em breve conto mais sobre o que foi e como me afetou. Mas posso dizer que nesse momento de mudança era tudo o que eu precisava. 

Cartagena - Nada como um feriado maravilhoso com as amigas numa cidade super charmosa, né? Para para celebrar as despedidas das solteiras que irão casar (e de quem acabou de casar também, vai), de quem ta indo embora, de quem já foi, da adolescência que ficou par trás, fizemos uma viagem especial. Foi delicia demais. Em breve, muita diversão e dicas de Cartagena por aqui. 
Nós (mais a fotógrafa) e as janelas de Cartagena

Comecei a estudar alemão - já não era sem tempo. Até sabermos que iríamos pra Suíça, eu fiquei meio sem ter como me preparar para essa mudança. Uma vez que soubemos que estaríamos em Berna, na Suíça Alemã, eu poderia ter começado a estudar alemão. Mas fato é que tinha duas questões: (i) eu entendi que lá se falava alemão suíço, e achei que poderia fazer curso direto nessa vertente da língua; (ii) eu tinha muita coisa na mesa, sabe. Precisava me preparar psicologicamente pra mudança, estava trabalhando muito, resolvemos casar, tinha tanta coisa que eu simplesmente não quis adicionar uma tarefa a mais - e ainda achando que a língua lá era outra. Algumas semanas atrás, no entanto, li que os cursos de alemão suíço é somente para quem já domina o alemão. Aí bateu um pânico, mas já estava em cima da hora né. Resolvi começar de pouquinho - baixei o Duolingo, um app de aprendizado de idiomas, e estou aprendendo o básico do básico. É pouco perto do que eu preciso, mas é melhor que nada. E chegando lá, vai ser foco total na língua.
Life Planning - Eu já contei aqui que não sou a maior poupadora de dinheiros. Tento me organizar para não gastar demais, mas nunca tive um planejamento seríssimo. E como essa história de que os opostos se atraem é pra boi dormir, Matinho também não é um grande poupador. Só que Mati já está no seu 5º país desde que deixou os EUA. E eu percebi que é muito fácil cair numa armadilha: passar a vida pulando de país em país e fazendo planejamento de curto prazo, sem se planejar pra velhice. Então eu chamei um consultor financeiro, que veio, explicou mais ou menos alguns pontos básicos, e encaminhamos uma previdência privada, entre outras coisas. Não vamos ficar ricos do dia pra noite - alias, não vamos ficar rico e ponto, rs, muito menos virar investidores de carteirinha, mas eu quero uma velhice com sossego, onde minha grande preocupação seja encontrar roupinhas combinando com Matinho. 

Aparecida - Quando resolvemos que não casaríamos no religioso, eu disse a Mateus que queria que nossas alianças fossem abençoadas por Nossa Senhora. Acabamos não conseguindo ir antes do casamento, mas fomos num final de semana em maio para o Santuário de Aparecida do Norte. Eu nunca tinha ido, e a energia que corre naquele lugar é boa demais. A Igreja é linda, bem diferente do que imaginei: embora seja imensa, não tem opulência. As imagens são todas bem estilizadas, com a simplicidade que emana de Nossa Senhora. Assisti uma missa, recebemos nas alianças a benção de Maria e trocamos novamente as alianças diante de sua imagem. Foi muito especial.
* * *
Maio foi cheio, muita coisa aconteceu, mas foi excelente porque comecei a ver alguns ciclos se abrirem e outros fecharem. Muitas das coisas que estavam nos planos das ideias começaram a se concretizar. Novas ideias surgiram para me manter sempre sonhando. Muitas celebrações, muitas emoções, muita intensidade. Acho que os próximos meses serão assim, e maio foi bom pra eu ver que mesmo no meio da loucura, da pra ser muito feliz :) 

14 comentários:

  1. Apesar do trabalho que dá, das preocupações e ansiedades, essas fases de mudanças são uma delícia, né? Tudo novo, tudo recomeça. Aproveita, viu? Vai ser uma nova vida cheia de descobertas.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, estou curtindo cada vez mais. Antes tava morta de medo e preocupação, agora já estou aproveitando :) Beijos!

      Excluir
  2. Que lindo, Gabi <3
    Engraçado que só de acompanhar pelo blog a gente acaba pegando um carinho enorme pelas pessoas e consequentemente, torcendo e vibrando pelas conquistas e coisas boas que aparecem na vida da pessoa também. E claro, você faz parte dessas pessoas pra mim e tô aqui super feliz pelas coisas boas que aconteceram em maio pra vc, que demais tudo isso! Fiquei imaginando como foi especial mesmo ter os seus sogros aí, a viagem com as amigas e tudo mais. Que isso só seja o começo de muitas coisas boas nessa tua nova fase!
    E eu dei um grito aqui com essa imagem do alemão HAHAHAHHAHA amei! Du hast Mich <3 aaaaaaamo Rammstein! Eu to estudando (tentando, pelo menos) alemão tb, só que mais por gostar da coisa toda e querer aprender um idioma novo.. é uma lingua muito fascinante e muito dificil, boa sorte pra nós! haha
    beeeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho isso muito legal: conhecer pessoas que talvez a vida não nos apresentasse de outra forma, se identificar e torcer por elas. Adoro essa blogosfera, gente <3

      Nossa.. boa sorte mesmo! To pastando muito. O duolingo ainda é facinho, você nem vai percebendo a complicação das coisas, mas esse idioma é difícil demais, pelamor. Oremos! Beijos

      Excluir
  3. Nossa Gabi, quanta coisa em um mês só! Apesar da correria eh mto bom ver a vida movimentada assim né? E com certeza os próximos meses serão assim tb.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso porque não mencionei algumas coisas, rs.. Tipo que nos conhecemos! Mas é isso, está sendo bom ver a vida movimentando, as coisas acontecendo. Estou feliz!

      Excluir
  4. Que delícia ler sobre tuas últimas realizações e metas, Gabi! Sem querer botar medo, mas o alemão que se escuta na Suiça é totalmente diferente do que aprendemos na escola. Estive semana passada no país e meodeos, se meu marido não consegue entender, imagina aí como fico hahaha. Mas você está certa, tem que começar o quanto antes. Você conhece o site da Deutsch Welle? Lá tem um curso online, começando desde o básico (A1). É um curso muito bom pra quem está entrando em contato com a língua. Aqui o link procê: http://www.dw.com/de/deutsch-lernen/deutschkurse/s-2068
    Sorte e felicidades pra você!
    beijos
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, foi por isso mesmo que eu tava achando que ia entrar direto num curso de Schweiz Deutsche logo de uma vez, porque ouvi falar que é tipo, outra língua hahaha. Mas paciência, vamos do começo. Não conhecia o site e já estou entrando. Toda e qualquer ajuda vai ser muito válida!
      E esperarei por você lá na Suíça, já que vocês gostam de passear por aquelas bandas. Beijos!

      Excluir
  5. Gabi, quanta coisa maravilhosa! Sempre que leio um post desse por aqui fico com um sorriso no rosto, feliz como se tivesse lido notícias de uma amiga próxima, sabe? <3

    Que legal que a família do Matt foi pro Brasil - é super importante e nos dá uma sensação de família completa mesmo, né? Foi assim que me senti com minha mãe aqui esses dias conhecendo a família do R.

    Sobre o alemão, coragem! Mas ó, vai com a cabeça aberta pra curtir a língua, porque tem muita coisa divertida!

    Aaaaand amei as fotos de Cartagena no seu instagram e tô louca pra saber mais dessa viagem e do Festival que você foi!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, imagino como vocês estão aí com a sua mãe. É muito especial mesmo! Ela já tinha ido pra Irlanda? Eu fico imaginando como deve ser pra ela.. ver sua vida, as coisas que você conquistou,os lugares em que passa todos os dias, etc. Ela deve ficar muito orgulhosa, feliz, e mais tranquila de saber mais sobre sua vida, né?

      Obrigada pelo comentário querido. Eu fico tãããão feliz quando vejo um comentário desse, e a recíproca é totalmente veerdadeira :)
      Em breve Cartagena por aqui. O Path entra logo mais!

      Beijos

      Excluir
  6. Nossa, Gabi, pedir demissão do meu emprego foi um alívio imenso! Eu ODIAVA aquele lugar. Sério, acho que uns dias antes eu estava mais animada para pedir demissão que para viajar, rs.
    Sem essa de que os opostos se atraem MESMO. Aqui em casa são dois mãos de vaca. Sério, a gente já falou sobre isso e sentimos até DOR NO CORAÇÃO quando temos de gastar com algo. Sabe aquele casal que fica com coisa quebrada em casa só para não pagar 20 dólares num conserto? Somos nós. Péssimo ser assim :(. Acabamos não aproveitando muita coisa.
    Nossa, nunca fui para Aparecida. Minha mãe vive indo para lá, mas eu sempre acabava ficando em casa, com preguicite :(. Deveria ter aproveitado.
    Alemão deve ser divertidíssimo de aprender! Dado que você vai estar aprendendo e tendo convivência com a língua, daqui a pouco você já está se comunicando de boas.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, acho que nem tanto ao mar, nem tanto à terra. É muito ruim ser mão de vaca, mas é um perigo ser gastão, rs. Eu era muito gastona, melhorei bem, porque não dá pra gastar dinheiro como se não houvesse amanhã, né. Hoje acho que encontrei o equilíbrio, rs. As vezes fico mão de vaca com algumas coisas, mas aprendi a ser cuidadosa com o dinheiro sem ser radical.

      Eu estou dando muita risada com o alemão mesmo, mas não tá facil haha. Acho que quando eu chegar lá, usar no dia a dia, as coisas melhoram sim, como você disse!

      Beijão

      Excluir
  7. Apenas para dizer que acabei se chegar aqui e estou a gostar! Vou seguir suas aventuras. Eu sou portuguesa e vivo na Suécia, quando visito blogs de outras exportadas fico como um peixe na água rs :)
    Boa sorte com as mudanças!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joana, obrigada pela visita e pelo comentário. Costumo ler seu blog, e quando chegar na Suíça devo me inspirar na "moda de primavera" pra Suécia, haha.

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top