Para o amor da minha vida

Quando te conheci, você mal conseguia dar 3 passinhos sem tropeçar no próprio pé e cair. Você não falava nada, só fazia barulhinhos. Mas dava muitas risadas gostosas e tinha esses olhos curiosos atentos a tudo. Lembro da primeira vez que peguei você no colo: um corpinho pequeno e macio, aquela barriguinha enorme e fofinha, vontade de morder. 

Você virou meu melhor amiguinho. Eu te ensinei a te abraçar, a falar português, a chamar o papai de coxinha. Te ensinei a fazer bolinhas de sabão, a contar até 10, a fazer borboletas com as mãos. Junto com papai, fizemos potty party, poopy dance, te ensinamos a usar penico. Juntos aproveitamos todos os parquinhos de Pinheiros, andamos de bicicleta, fizemos caça ao tesouro, andamos de skate, pulamos na lama, tomamos banho de chuva. Juntos fomos à praia, cantamos até o interior, corremos atras das galinhas na fazenda. Brincamos de carrinho, de boneca, trocamos fralda de todos os animaizinhos da fazenda, de esconde esconde, e você sempre com o bumbum de fora do esconderijo. Construímos cidades de lego, lemos livrinhos, inventamos músicas e vivemos felizes na nossa tenda.  

E você, tão pequenininho, me ensinou o amor mais puro do mundo.  O amor que me fez ter noites em claro em quanto você tossia, que me fez passar 24h de coração apertado num hospital, que me fez abraçar você todas as horas que podia, que me fez sonhar com seu sorriso, que me fazia gostar das 7h da manhã, a hora que você vinha deitar na nossa cama e brincar de sanduíche. O amor de quem não colocou um filho no mundo, mas que colocou dentro do coração o filho que o mundo me deu.

E me despedir da nossa vida a 3 aqui foi - e está sendo - a maior dor que eu poderia viver. Olhar você entrar naquele embarque despedaçou meu coração. Voltar pra essa casa sem você me fez sentir que é hora de partir, porque ficar aqui sem o seu cheirinho não faz sentido. 

Eu sei que você vai ser muito feliz, e eu sei que eu também vou. Mas eu sei que seremos sempre mais felizes quando estivermos juntos, nós 3 somos um só coração. Como eu te disse todos os dias nesses seus poucos anos, você é o amor da minha vida, e sempre será. Perto ou longe, você sempre será um pedacinho da gente. O melhor pedaço. 

E não se esqueça: quando você olhar pela janela em Minesotta e estiver nevando, nós estaremos olhando para a neve na janela em Bern, e estaremos juntos.

Com muito amor,
Sua Gaga.

12 comentários:

  1. Ai Gabi, chorei! Que linda sua declaração de amor e que lindo que é esse menino! Apesar de ser tão pequena ele com certeza te ama também, e vai sempre lembrar de vc! Espero que vcs possam ver ele com frequência.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Ai que post lindo, meus olhos estao cheios d`agua aqui.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Awww que texto lindo e que bebe lindo! <3

    ResponderExcluir
  4. Ai Gabi.... essas despedidas são tão difíceis, né? Se eu, que era apenas babá chorei e sofri de me despedir de crianças que estão geograficamente perto de mim, não consigo nem imaginar a dor que você tá sentindo. Que lindo esse texto e essa foto. Fica aqui o meu abraço pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram dias difíceis, mas as coisas vão se tranquilizando, né? Por mais que tenha tentado me preparar, acho que nada prepara a gente pra viver longe de alguém que amamos tanto. Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  5. quanta coisa linda que vocês tem juntos.
    é mesmo difícil näo se apaixonar por uma criança, mesmo quando a gente é só a aupair ou a tia. e mesmo quando a gente näo colocou eles no mundo, a gente muda (pelo menos) um pouquinho o mundo deles.
    distância é sempre complicado... mas ainda bem que existe skype né? (da última vez que usei o skype com o sobrinho de 2 anos, ele beijou a tela do computador e eu derreti)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando olho pra trás, acho que eu jamais me imaginaria uma madrasta tão babona e coruja, rs. Da medinho de ele não lembrar dessas coisas todas, mas sei que o amor vai estar sempre lá. Ontem falamos por skype, e ele ainda não ta afim de beijar computador, hahaha.. Mas já deu uma acalmada no meu coração. Beijos!

      Excluir
  6. Fiquei de coração partido aqui, Gabi! Imagina você...
    Despedidas nunca são fáceis e não tem receitinha pra aliviar essa dor toda que fica.
    É muito difícil ficar longe de quem a gente ama, por isso desejo muita força aí pra vocês em ter que enfrentar essa barra.. e que em breve vocês 3 possam estar juntinhos de novo!
    <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Taís. Ontem falamos pelo skype, e foi bom ver ele feliz, curtindo um verãozinho, na maior farra no quintal, haha. Deu uma acalmada, e hoje acordamos felizinhos :) Beijos!

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top