Paris, a conquista

Acabo de voltar de dias chuvosos em Paris. Há alguns anos Paris vinha ocupando o posto de cidade que eu mais queria conhecer no mundo e apesar disso eu não tinha grandes expectativas. Sei que é um lugar meio ame ou odeie, e eu queria ir lá ver. E fui. E amei. 


Acho que foi a viagem mais atípica que já fiz. Primeiro porque fomos em um grupo grande, num reencontro de 7 amigos. E justamente pelo caráter de reencontro, eu não fiz grandes planos. Não queria ver muita coisa, queria ver Paris, queria andar, queria comer e beber bem e bater papo, abraçar e aproveitar. E foi isso que fizemos. Em 3 dias não entramos em nenhum museu - e olha que choveu, viu - não entramos em igreja, não subi na Torre Eiffel, não entramos basicamente em nenhum lugar que não tivesse vinho e carne a preços convidativos, rs. 

Andamos pelo Marais, por Montmartre, por Saint Germain, por Saint Michel, pela beira do Sena, por Grenelle, pelo Quartier Latin. E íamos intercalando andança com comilança. Chegamos a levar 12 horas - e 12 garrafas de vinho - para ir da Torre Eiffel até Notre Dame. Se valeu a pena? VALEU MUITO!  

Eu e Paris ficamos nos cortejando por dias, nos apresentando, nos apaixonando. Andar pelas ruas, admirar suas construções, seus jardins, suas cores e letreiros, sentar num café e observar seus finíssimos habitantes, o andar, a forma de falar e se comportar, tudo isso preencheu meu coração. Gosto muito de repetir viagens, não é segredo. Sinto que eu e Paris começamos um relacionamento, e ainda vamos nos aprofundar muito uma na outra. Reencontros vem por aí <3













10 comentários:

  1. e as cadeiras na calçada, todas viradas pra rua, prontas p/ people wachitng? <3 oh paris!

    ResponderExcluir
  2. que sooooooooonho, gabi. essa sua foto atravessando a rua tá coisa de gente ryca. haha.
    acho q eu tb seria dessas q ama paris. espero conhecer um dia.
    que seu relacionamento seja sempre feliz.
    xx

    ResponderExcluir
  3. deve ter sido uma experiencia muito incrível! paris e amigos <3 que delícia!!!

    beeeijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sensacional mesmo! Mas agora preciso me programar e voltar pros programas culturais hehe. Beijo!

      Excluir
  4. "não entramos em nenhum museu+ não entramos em igreja, não subi na Torre Eiffel" pra mim, parece o melhor jeito de viajar... e parece muito com minha viagem a paris ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosot TANTO mais de andar pelas ruas, que as vezes acho desperdício ficar pra dentro, rs. Realmente, pra mim esse é o melhor jeito de viajar :)

      Excluir
  5. sabe que eu NUNCA tive vontade de visitar Paris?! Quando digo isso todo mundo me olha torto. Mas é isso. Não sou fã de cidades grandes, mas sei que um dia vou ter que deixar de lado esse meu "preconceito" com essa tão beloved cidade e ir lá tirar minhas conclusões. É meio como julgar uma pessoa pela aparência eu sei rs. Enfim, talvez um dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu devo dizer que meu interesse por Paris aumentou exponencialmente por causa de filmes. Cada filme que retratava Paris eu me encantava mais. E assim foi... Agora, devo dizer que o povo acha uma cidade romântica, e eu não achei romântica não. Nesse sentido sou mais Amsterdam. Eu achei a cidade charmosa, sabe? Acho que quando você for, você vai gostar.

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top