Mais férias em Berna...

Berna é uma cidade muito bem centralizada aqui na Suíça. Muita gente que vem pro país com a idéia de tirar máxima vantagem do transporte público e das pequenas distâncias monta base em Berna e daqui faz day trips para outras cidades. Para ir daqui até Zurich, Lausanne, Basel, Lucerna, leva-se uma hora no trem. Até Genebra, uma hora e meia. Alguns dos Alpes eu consigo ver da minha janela, rs. E se nos nossos primeiros dias de férias foram aqui pela cidade, depois aproveitamos para explorar as redondezas. 

Quarta-feira foi o dia de conhecer Luzern (ou Lucerna). Eu ainda não tinha a cidade como prioridade para visitar aqui, mas um casal de amigos estava indo com as crianças e o cachorro e nos convidou. Topamos e depois de 1h no carro eu fiquei foi besta com a paisagem daquela cidade. Luzern é muito muito linda! O centro antigo da cidade fica próximo ao Lake Luzern, que por sua vez é todo rodeado de montanhas - e nessas alturas todas elas já com os picos nevados. É uma paisagem muito impressionante. Uma pena que o dia estava meio fechado, e as fotos não fizeram muita justiça. 
Kapellbrücke



Centro antigo de Lucerna

Lago Lucerna
Passeamos pelo centrinho e paramos para almoçar num restaurante/cervejaria muito bonito, o Rathaus Brauerei. O ambiente é super bonito, o atendimento é gentil, e o resto segue padrão suíço, rs. Preços altos por uma comida ok. Mas as cervejas são boas. Quando saímos do restaurante começou a cair uma chuva congelada, tipo um granizo fino, que ainda não virou neve e por isso dói ao bater no rosto. Diante da situação resolvemos ir para o Museu Suíço de Transporte

O preço é bem salgado - 30 francos por adulto, 15 para criança. Uma família de 4 pessoas tem o preço promocional de 65 francos. Mas uma vez dentro, você percebe que vale a pena. O museu é imenso, e mesmo passando um dia inteiro lá acho que não se vê tudo no detalhe. Mas eu não preciso ver tudo no detalhe mesmo, rs, inclusive depois de umas 2h comecei a cansar. 
Um pebolim colaborativo. Todo mundo joga junto com o objetivo final de colocar as bolinhas na plataforma

Mati no simulador de batidas

Área externa do musei
O museu é separado por alas - enormes - dedicadas a cada meio de transporte. Assim começamos pela ala dos transportes ferroviários, um dos maiores orgulhos da Suíça. O acervo é composto por vagões (reais) de todos os tipos possíveis de trens, explicações interativas, fotos, vídeos. Há uma linha do tempo super detalhada da construção do novo Gothard, a faraônica obra de engenharia suíça que é motivo de muito orgulho nacional: um túnel, inaugurado em setembro, que passa por debaixo dos Alpes, e alcança a Italia com muito mais facilidade, facilitando a rota entre o porto de Roterdã e o Mediterrâneo. Da mesma forma, há alas dedicadas aos transportes marítimos, aéreos, automotivos. É muito legal. Há um simulador de batida de carro, vários lifts de ski demonstrando a evolução das coisas, super interessante. A criançada tava doida por lá. Na área externa eles podem até brincar de ser construtores de rodovias, etc. No lado de fora tem 2 cafés, onde é possível dar uma relaxada. E integrados ao mesmo complexo há cinemas, um planetário, etc. Com o tempo ficando cada vez mais feio, saímos de museu e voltamos pra Berna debaixo da maior nevasca.

Na quinta ficamos por aqui, precisava abastecer a geladeira, fui tomar café com uma amiga, enfim, dar uma descansada. Nevou muito, o tempo estava fechado, não fazia muito sentido ir a lugar algum. Para sexta-feira o plano era ir até Grindelwald, uma jóia na montanha.

Acordamos e vimos que a previsão era de muito frio e sol. Pegamos então o trem para Interlaken, e de lá é possível pegar um trem que requer muita atenção: o trem é um só, e você deve se sentar no vagão correto, porque no meio do caminho o trem se divide em dois. Uma parte vai para Grindelwald e a outra parte vai para Lauterbrunnen.

A viagem para Interlaken pode levar de 30 a 50 minutos de Berna, dependendo de qual trem você pega, e é bem linda, mas no caminho percebemos que o frio em Grindelwald estava maior do que suportaríamos. Estava entre -18 e -20 graus. Assim resolvemos ficar por Interlaken mesmo e explorar a vila. A cidade, espremida entre os lagos Thun e Brienz é uma das famosas vilas alpinas na Suíça, ouso dizer que uma das mais movimentadas. O grande problema é que em Interlaken em si não tem muuuito o que fazer. Se você jogar no google o que fazer na cidade, vai te aparecer um monte de opções adivinhem onde? Em Lauterbrunnen, Grindelwald, Mürren, Wengen, e todas as vilinhas fofíssimas que tem Interlaken como base.

A real é que muita gente se hospeda em Interlaken, porque tem mais opções, e passa o dia montanha a cima, fazendo trilhas, esquiando (e fazendo todos os demais esportes de inverno que os suíços adoram). Na cidade mesmo da pra fazer paraglider e passeio de barco pelos lagos, que não estava nos nossos planos. O paraglider eu passo porque passo, rs.. E o barco queremos fazer no verão. Então, andamos bastante, vimos uma igreja e um castelo, ficamos babando na vista, que vale qualquer passeio. Tinha uma pista de patinação linda de linda no Hohematte, um jardim que no verão é lindo, mas que agora era um mar de branco. Dali também se tem uma vista incrível do Jungfrau, uma das montanhas mais famosas da Europa.
Paragliders no céu de Interlaken


Patinando com o Jungfrau ao fundo
Logo em frente tem o Victoria Jungfrau Hotel & Spa, que é bem alto. Olhamos pra cima e vimos que tinha gente na cobertura. Então fizemos cara de paisagem, de quem era hospede e sabia muito bem onde estava indo, e pá.. subimos para uma belíssima vista:

Lago Brienz ao fundo
Mais uma do Jungfrau, porque ele merece
A super pista de patinação

E uma panorâmica da área

De lá seguimos andando pelas lojinhas da vila, que são muito fofas e ainda mais caras do que de costume, e fomos almoçar no Hüsi Bierhaus, um típico bar da montanha. O ambiente desses bares de motanha são sempre muito gostosos, com decoração rústica de madeira, uma coisa meio cabine no mato, mesmo que se esteja no coração de uma vila chic na Suíça sabe? hahaha... lá tinha várias cervejas legais, e comi um hamburguer de chorar de alegria. Depois de babar mais um pouquinho na paisagem, pegamos o trem de volta pra casa, pro fim das férias.

Agora me diz, Berna está ou não numa localização muito privilegiada?

35 comentários:

  1. Cara, eu já sabia que a Suíça era bonita, mas você continua me convencendo... uma cidade mais linda que a outra. Vocês são privilegiados por estarem numa localização tão boa! Amei essas fotos - as primeiras particularmente parecem uma pintura! Amei, Gabi! Posta maissss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a gente sabe que é bonito, mas quando nos deparamos com essas coisas ao vivo, é inacreditável. Eu não me canso de babar. Agora o grande problema da Suíça é que me fez preguiçosa, rs... É tudo tão bonito, que me dei conta que estava vacalhando nas fotos. Aí agora estou aqui tratando elas direitinho, pra dar mais dignidade a esse lugar lindo, rs.

      Excluir
  2. Tão mesmo!!
    Cada post dessa Suíça quero chorar.. vendo essa foto de Luzern e lembrando que eu tava ai do lado e nao pude ir. Socorro, Gabi! Ainda tenho fé que voltarei pra esse paraíso e verei essas montanhas todas <3
    É maravilhoso ter outros cantos tão legais apenas 1 hora de trem. Esse museu do transporte parece muito bom, também fiquei com vontade de visitar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que vai voltar, mulher! Vai voltar sim. E sabe o que é mais incrível? É que apesar de ser tudo perto, tem muita diversidade. Eu não me canso de ficar besta quando saio do trem em Lausanne e parece que estou em outro país. É incrível!

      Excluir
  3. Oi Gabi! No momento que leio este post, vejo essas paisagens divinas e dou graças por já estar em casa, depois da friaca de hoje, ou melhor, dos últimos dias. Essa vista a partir do Hotel Vitória, ah que linda!!! Da última vez que estive em Grindelwald no inverno, náo subimos porque teríamos que comprar o ticket pelo mesmo valor de quem fosse esquiar, e como não sabíamos e nem tínhamos ido pra lá com este objetivo, deixamos pra lá.
    Eu ainda não conheço o Museu dos Transportes, mas ouço/leio sempre comentários positivos. Acho 30 francos bem caro pra falar a verdade, rs... mas é aquilo que você escreveu: padrão suíço, rs...mas ainda assim acho que vale mais a pena do que os restaurantes, hahahaha. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O frio anda castigando, né? Hoje ao menos amanheceu sem neve, o que já é um adianto. Mas anda dando preguiça de viver, minha nossa. E sim, os 30 francos do museu são mais bem gastos que em restaurante, hahaha.. sem dúvidas! Eu quero muito conhecer Grindelwald, mas vamos ter que esperar esse frio dar uma trégua, porque não ta fácil... Beijos!

      Excluir
  4. Nossa! Quantos lugares lindos por aí... só não gosto do frio. Muito prazer, sou Anabela, do blog anabelajardim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Gabi, que lugares mais maravilhosos! Com certeza Berna está muito bem localizada e é privilegiada. Um sonho <3 Amei ver tuas fotos e saber dos passeios (que bacana que tu colocou os preços também, pra gente ter uma noção).


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :D Que bom que gostou, Tayse! Eu as vezes esqueço de anotar os preços das coisas, e aí acabo esquecendo pra colocar aqui. Mas quando lembrou, faço tudo bem completinho. Beijos!

      Excluir
  6. Que cidade mais fofa!!
    Suiça deve ser linda! Mas esses preços... Preciso me planejar bem antes de ir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, os preços aqui demandam planejamento. É tudo muito caro, mas as paisagens compensam :)

      Excluir
  7. Sem dúvida! Estive em Luzern no ano passado e fiquei como você, besta! Nós fizemos uma trilha maravilhosa ao longo do lago e depois fomos passear um pouco pela cidade. Infelizmente foi curto o tempo que passamos lá. Mas definitivamente vamos voltar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volta sim, Ana, aí a gente encontra!
      Eu queria ter feito essa trilha, mas com o tempo ruim não rolou. Próxima ida quero aproveitar e ir ao Pilatus, uma montanha famosa e linda pertinho de Luzern.

      Excluir
  8. Quando eu li -18 e -20 graus, fiquei com frio somente de ler hahahahahaha. Luzern é um encanto, você disse que as fotos não fizeram justiça, imagino então ao vivo. Parabéns pelo post, adorei sua forma de escrever.

    ResponderExcluir
  9. Adoro seus posts sobre a Suiça... O lugar parece ser tão encantador, fico viajando nessas fotos de paisagem de inverno, com neve <3
    O Museu Suíço de Transporte parece ser bem interessante!
    E ri muito da parte "Então fizemos cara de paisagem, de quem era hospede e sabia muito bem onde estava indo, e pá.. subimos" kkkkkk Quem nunca? kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha.. sempre.. Já até tomei banho de piscina e ducha num hotel no Rio com essa estratégia hahaha

      Excluir
  10. gabi, eu näo canso de me encantar co as fotos desse lugar lindo que tu escolheu pra morar. e que prático que dá pra 'fugir' dele também de vem quando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acho que a grande vantagem da Suíça é a localização. Estar nesse meinho da Europa, nessa cadeia de montanhas proporciona paisagens incríveis, mas também está tão centralizada, que da pra escapar sempre que cansar, sabe?

      Excluir
  11. Como eu amo esse cenário de montanhas ao fundo <3 Também já peguei -20 graus e os passeios eram sempre seguidos de lugares pra aquecer, hahaha. To adorando os seus posts da Suíça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu detesto passar frio. Aqui eu tenho roupas que me seguram numa boa até -10, -12. Passou disso, fico incomodada, então prefiro não me arriscar.

      Excluir
  12. Ainda não tive a oportunidade de conhecer a Suíça, mas está nos meus planos. Sabia que a capital era centralizada, mas não tinha ideia de como era fácil sair de lá para conhecer as outras cidades da Suíça, com certeza vou levar em consideração esse ponto quando for visitar o país!
    Eu sempre fico babando nas suas fotos, ainda mais agora no inverno, a mistura das cores no céu com o branco da neve fica espetacular!💖💖

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui é tudo tão pequeno, é incrível a diversidade de paisagens e cidades a que temos acesso num espaço tão pequeno. E o transporte público é incrível, te leva pra qualquer canto, rápida e eficientemente. É uma mão na roda. Vale muito analisar isso quando vier. Berna fica bem no meio da Suíça alemã e francesa, da pra conhecer um pouco dos dois lados.

      Excluir
  13. Ah, Suíça não te conheço, mas já te amo! Queria tanto passar férias aí também, vou mentalizar e colocar como meta 😍😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentaliza, planeja, que sai do papel :)

      Excluir
  14. Eu já tinha ouvido falar de Berna, mas não vou mentir que suas fotos deixaram meu coração ainda mais apaixonado pela cidade! Parecem aqueles quadros lindos, ou pode ser uma tela de descanso do Windows também. Perfeição define!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devo dizer que quase todas as cidades aqui na Suíça são assim, tipo o descanso de tela do Windows mesmo :)

      Excluir
  15. cara, apesar do tempo estar feio, as fotos em Luzerna ficaram incríveis, parece aquele filtro marrozinho, deixou a cidade super acolhedora"...sinto cada vez mais contade de conhecer a Suíça, país liiindo demais (só preciso economizar bastante haueaheu)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Economiza e vem. Pra quem gosta de trilhas, esporte de aventura, paisagens de cair o queixo, aqui é o lugar.

      Excluir
  16. Montanhas nevadas, lagos, chocolate... Suíça, querida, te quero muuuuito! Afinal, qual cidade é melhor fazer de base: Interlaken, Lucerna ou Berna, considerando além do transporte os benefícios como beleza da paisagem e custo? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende, Márcia. Se você quiser fazer uma viagem "de montanha", com esqui, trilhas e passar todos os dias num mesmo lugar, Interlaken pode ser mais interessante. Se a idéia for explorar o país, aconselho ficar em Berna e comprar o Swiss Travel Card, que dá acesso a quase 100% do transporte público no país. Com ele você pode sair de Berna e ir passar um dia em Zurich, um dia nas montanhas em Interlaken, um dia em Lucerna, um dia em Basel (uma cidade linda na tríplice fronteira, entre Alemanha, Suíça e França). Da também pra explorar a Suíça Francesa, e ir passar um dia em Lausanne, conhecer Montreux, etc.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  17. E a vontade de ir nesse simulador de batidas também? Quanto lugar lindo gente, fico doida aqui torcendo para um dia eu ter oportunidade de conhecer esse paraíso :D

    beeeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui é tudo tão pertinho, que de repente você consegue encaixar uns dias na Suíça numa viagem a França, ou Italia. Beijos!

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top