Economizando na Suíça

Assunto difícil esse, heim?! Haha.. a Suíça é famosa por ser cara, e infelizmente faz muito jus à fama. É cara mesmo, e economizar não é muito uma coisa fácil por aqui. Mas da sim pra visitar a Suíça e tentar gastar menos. Mas como?

SBB Mobile
Acho que a primeira coisa é esse app. Se você for comprar um Swiss Pass - o passe que dá direito ilimitado a toda rede de transporte do país - essa dica não é pra você (no sentido de economizar, mas o app te ajuda muito a navegar e programar suas viagens). Mas caso você não vá ficar dias suficientes pra comprar um pass, ou esteja indo pra algum lugar específico, o app vale muito a pena, porque nele é possível encontrar passagens de trem com até 50% de desconto. No geral são trens fora do horário de pico, mas já é uma ajuda, não? Normalmente os descontos vão estar sinalizados com um sinalzinho preto de %. Mas ainda assim se não tiver sinal, tente selecionar a passagem e quando você rolar a página de preço pra baixo, vai aparecer algumas opções de preço, como o ticket com desconto, o custo para mudar de classe, o day ticket, etc. Aí se tiver com desconto, só selecionar ele. O app funciona normalmente em inglês, então fica mais fácil (e pra quem fala francês ou italiano, também):
Tosquinho e em alemão, porém ilustrativo. Dá pra ver como é pra ser a tela, né?
Dê uma conferida no aluguel de carros
Muitas pessoas pensam na Suíça e associam diretamente aos trens. As pessoas vem pra cá e querem andar de trem. E é realmente muito bom andar de trem por aqui, porém se você estiver em grupo pode não valer a pena (em dupla as vezes vale, as vezes não). Por exemplo: minha amiga chegou no aeroporto de Basel com o marido e precisava vir pra cá. Como na antecedência ela não achou passagem com desconto, ela fez a matemática rápida: os dois de trem para Berna ida e volta ficaria 180 francos, e o aluguel de carro para os dois dias saia 110. Então compensou. E ainda por cima, com o carro, acabamos indo para a montanha (coisa que para eles sairia outros 160). Mesmo com a gasolina, que aqui não é muito cara, vale a pena. Acho, portanto, que é uma possibilidade que deve ser explorada quando der.

Coop e Migros
Chegando na Suíça você vai ver esses nomes em todos os lugares. São duas redes de supermercado que quase monopolizam o varejo na Suíça, e vendem muito mais do que comida e produto de limpeza. Nos mercados na hora do almoço é possível encontrar lanches e comidinhas a preços mais ok. Mas o melhor mesmo são os restaurantes. Quase todas as cidades tem no centro um Coop Restaurant ou um Migros Restaurant, onde é possível comer bem a preços mais convidativos. Claro que não é onde você vai comer o seu fondue, mas convenhamos que você não vai comer fondue todo dia no almoço e na janta, né... Tem saladas, massas, sanduíches, por preços ok para a Suíça. Nas estações de trem também tem o Migros Take Away, e os sanduíches são grandes e gostosos, em torno de 6 francos.

Primavera/Verão
Eu sei que tem gente que ama o frio, mas eu digo que sai mais barato viajar quando o tempo está mais quentinho. Simplesmente porque dá pra passar o dia pra fora, sem precisar sentar num café pra esquentar. Em julho eu e Mati saímos no nosso mês pela Suíça, e levávamos sanduíche e petisco de casa, sentávamos pra comer em parques, fazíamos trilhas, nadávamos em lagos, e isso tudo é praticamente de graça né. O melhor da Suíça, que são as paisagens, é gratuito. No inverno acaba-se gastando mais, porque é inevitável, depois de um tempo andando no friozão, você quer é se esquentar, e acaba entrando em algum bar, café, restaurante. E um café aqui pode, fácil fácil, custar 5 francos.

Tomar água das fontes
Sei que é difícil pra muito brasileiro acreditar, mas a água de todas as fontes por aqui é potável, pronta para consumo. Quando acontecer a raridade de não ser, vai estar escrito bem ENORME que a água não é potável (spoiler: no nosso mês pela Suíça, isso aconteceu uma vez). Então, o meu conselho é: compre uma garrafa de água no mercado, e depois que beber tudo é só ir enchendo ela nas fontes que você encontrar pelo caminho. Saia com ela todo dia de casa, e pronto. Ta feita uma bela economia. Uma garrafa de água no mercado aqui custa em torno de 70 centavos, mas num restaurante ou quiosque pode custar desde 3 até 5 francos (e no restaurante do trem é o mais caro possível).

Reservar equipamento online
Vai vir pra Suíça esquiar? Já disse, se quiser economizar mesmo, melhor mudar a rota e ir pra França, Áustria, Polônia, hahaha.. Mas ta por aqui e quer esquiar nos Alpes suíços? Faça a reserva dos equipamentos online, pois há sempre desconto. Por exemplo, ano passado antes de comprar meu equipamento, cheguei lá na loja e aluguei para já vestir e sair usando, e paguei 78 Francos para esquis, botas e capacete. To olhando aqui, e na mesma loja, reservando online, o mesmo equipamento sai por 61. Essa diferença aí já cobre um lanche entre uma descida e outra na pista, rs. Em qualquer estação na Suíça vai ter uma loja da Intersport, ou outra que você encontre pela internet, e vale muito a pena fazer essa reserva. E se for esquiar vários dias, já reserva logo tudo de uma vez, porque quando mais dias você fica com o equipamento, maior a redução no preço (por ex, ontem minha irmão reservou numa loja aqui para dois dias, e saiu 100 francos, ou seja, 50 por dia - o que já é mais barato que o 61, neam).

Se eu lembrar de mais coisa, ou aprender coisas novas por aqui, faço uma segunda edição desse post. Mas acho que é um começo. E devemos ter sempre em mente que de 5 em 5 francos, aqui se economiza muito, então algumas pequenas economias podem te salvar uma boa quantia no fim da viagem. 

6 comentários:

  1. Amei as dicas para o dia que incluir a Suiça no meu roteiro eu ja sei como tentar economizar..he he he....Agua de fonte é tudo de bom, mas sabe que tenho um bloqueio mental horrivel com essas aguas, alias qualquer agua oferecida ao publico, nem aqui consigo beber agua nos "bebedouros" que tem por alguns parques...vai entender cabeça de maluco...ha ha ha.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo bem seu bloqueio, Monique hahaha. sempre tive também, mas estou acostumando, e a água daqui é super gostosa e fresca!

      Excluir
  2. Que post maravilhoso que guardarei com muito carinho! hahaha
    O Coop foi uma mão na roda pra mim quando eu fui pra Suíça e amei todas as outras dicas do post também! Essa coisa de aluguel de carro pode nos surpreender, porque quando a gente menos espera.. o negocio vale mais a pena do que ficar pegando transporte.. ainda mais em países caros assim.
    E se souber de mais dicas, por favor compartilha com a gente mesmo.. pq esse país lindo merece ser visitado várias vezes e sempre bom economizar uns francos, né? hahaa
    beijo, Gabi :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim.. o país merece mesmo. Alias, ontem conversando com a minha irmã, chegamos a conclusão de que muita gente diz que a Suíça é "sem graça" porque se programa para vir a Zurich ou Genebra, chega aqui e se assusta com os preços, principalmente do transporte, e acaba não saindo da cidade, quando na verdade o melhor da Suíça está mesmo nas montanhas :) Vale se programar, economizar onde der, e realmente explorar.

      Excluir
  3. post óteeemo. a suiça é um lugar que eu quero muito voltar... mas os preços pesam sempre na lista dos contras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, eu imagino, porque mesmo depois de um ano e pouco, não consigo acostumar com a careza, rs... Mas vem sim!

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top