Koh Lanta

Koh Lanta é uma grande ilha no Mar de Andaman, próxima a Krabi. Depois do casamento, queríamos praia e sol até o fim de nossos dias na Tailândia, e sendo altíssima temporada optamos por Koh Lanta por ser mais calma, família, menos da zoeira, mas ainda assim com belas praias e próxima de belas ilhas. Amigos que conhecem bem da Tailândia ficaram meio que sem entender porque resolvemos nos basear lá, sugeriram Railay (que é maravilhosa, e em qualquer outra circunstância é o que teríamos feito) mas a verdade é que a gente não estava afim de muvuca, e depois do salseiro em Kata Beach, eu tive certeza da boa escolha. Estávamos com mais dois casais, o que também facilitou na escolha por uma ilha mais sossegada. Tínhamos nossa turma, não precisámos de muito mais.

A ilha realmente é mais slow, tem restaurantes ótimos, bares ótimos, um stand de massagem em cada esquina, praias gostosas, e barcos saindo de lá para todo canto para onde você queira ir. Em nossos primeiros dias, levando em conta o trânsito menos nervoso de Koh Lanta, alugamos uma scooter (Sr. Mati aprendeu a dirigir lá, maior orgulho rs) e focamos em encontrar praias, passear por mangues, explorar Koh Lanta, provar alguns drinks, comer frango frito pela rua, e foi assim, maravilhoso. Encontramos por lá a tranquilidade que queríamos, daquela de poder deixar as coisas na areia e ir nadar sem se preocupar, gente curtindo numa boa, sem exageros e sem afetação. 
Minha praia favorita em Koh Lanta, Phra Ae Beach
E frutas na Tailândia são tão boas quanto no Brasil <3
Mr. & Mrs. Reynolds encarando uma lama na motinha
E o "posto"de gasolina pra motinha
E o mangue maravilhoso que encontramos na garupa da motinha :)
E a blogueirinha, né? Não pode faltar!
Na virada de ano novo eu me vesti de branco, pulei 7 ondas, assistimos os fogos, e soltamos lanternas de fogo pelo ar, no maior estilo tailandês. Encontramos uma festinha, bebemos uns negocinhos, e foi o mais próximo do reveillon basileiro que eu cheguei desde a virada de 2014/2015 rs. Então fiquei felizona!
Antes de soltar nossa lanterna e fazer nossos pedidos
No dia primeiro eu estava decidida a ver uma praia Thai Style babadeira hahaha.. A verdade é que as praias em Koh Lanta são lindas, o mar azul é maravilhoso, mas convenhamos que não é nada que a gente não veja na Bahia, em Angra, sei lá, né? Eu queria mesmo era ver aquelas rochas incríveis num mar esmeralda, eu queria ver aquela Tailândia do instagram rs. Acordamos meio tarde, passamos numa agência e agendamos um passeio para a parte da tarde, e olha, arrasei rs. O passeio custou algo em torno de 30 dólares por pessoa. O carro nos pegou e fomos até o mangue, de onde saímos num long tail boat e fomos até a Koh Talabeng, uma ilha nas proximidades. Era exatamente o que eu estava procurando. Água verde linda maravilhosa, rochas imensas, uma paisagem de cair o queixo. Lá fizemos kayaking em torno da ilha, paramos em pontos estratégicos para observar macacos comendo conchinhas, mergulhamos, e eu estava sentindo uma felicidade que mal cabia em mim. Uma pena que não tínhamos câmera a prova d'água, então o único registro que tenho desse lugar lindo foi uma foto tirada por uma menina que tinha uma go pro. O resto ficou tudo na memória, e ta bom assim :) 
Oi Tailândia <3
Sério... olha isso!
Feliz eu?
O passeio incluia snorkeling numa outra ilha, mas estávamos um pouco atrasados porque no nosso grupo tinha uma família muito buscapé que atrasou o rolê inteiro, e pra piorar a maré estava um pouco adiantada rs, e aí para não encalharmos na volta, acabamos pulando essa parte do passeio. Mas eu já estava feliz, o que eu queria eu tinha tido, e estava também com fome, então voltamos sem reclamar. Comemos um franguinho frito na rua, e a noite, de banho tomado, fomos jantar num lugar bem gostoso e depois tomar drinks na beira do mar. 
Isso é que é marinheiro! Quando a gente estava quase encalhando ele foi lá e resolveu o rolê todo
E ainda tivemos a chance de ver uns macaquinhos de perto enquanto navegávemos de volta
Eu não tinha grandes vontades na Tailândia... tudo que eu queria era comer bem, tomar sol, nadar no mar, fazer massagem e conhecer Maya Bay. Basicamente era isso, e eu já tinha feito quase tudo, então dedicamos o nosso último dia inteiro em Koh Lanta a ticar o último item da minha to do list, conhecer Phi Phi e Maya Bay. Fechamos então um passeio de um dia inteiro que nos levaria para lá, e sobre o qual eu falarei também num post separado, porque merece (por bons e maus motivos). 

Em nossa última manhã em Koh Lanta fomos à praia, fizemos massagem, torramos no sol,  nadamos, e agradecemos muito pela viagem maravilhosa que tivemos.
Porque viajar pra um lugar desse com amigos é das melhores coisas que podíamos ter feito
Se eu recomendo Koh Lanta como parada obrigatória na Tailândia? Não. Não acho que seja parada obrigatória. Quando eu estava pesquisando, li sobre várias ilhas que são também lindas e tem uma paisagem bem diferente do que encontramos no Brasil: Koh Phi Phi, Railay, Koh Tao, Koh Samui (alias, fica essa dica, Koh é ilha em tailandês rs). Nós descartamos opções que ficavam no golfo da Tailândia por ser época de chuva lá, e priorizamos o mar de Andamam, que fica do outro lado. Em baixa temporada, eu sem dúvida teria me baseado em Railay, que parece ser linda de doer. Mas nesse momento do ano e da nossa vibe, Koh Lanta e seu sossego, seu clima de vilarejo praiano, sua badalação moderadíssima, era o que precisávamos. E foi maravilhoso. Só de lembrar eu tenho vontade de chorar, tenho vontade de voltar, tenho vontade de estar lá pra sempre. Na garupa da nossa scooter, agarradinha no meu Matinho, vendo aqueles por do sol incríveis, todos os dias da vida. 

10 comentários:

  1. Ahhhh que delícia de relato! Que bom que você conseguiu curtir a Tailândia dos seus sonhos, Gabi! E não deu medo de andar de moto por essas bandas não? Já li que muito turista acaba se envolvendo em acidentes...

    Tô aqui na expectativa sobre seu post de Maya Bay e Phi Phi - ainda não decidimos se vamos pra lá ou não, os reviews são tão mistos! Gente que amou, gente que odiou. Socorro! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente resolveu pegar a moto porque estávamos com amigos que conheciam a ilha, e só seguíamos eles, nos preocupando somente em dirigir rs e também porque Koh Lanta é beeeem mais tranquila que Phuket e outros lugares que passamos.

      Excluir
  2. Que maravilha, Gabi. Eu tenho uns conhecidos que sempre vão para Koh Lanta e que recomendam muito. Este post acentuou a vontade de ir conhecer. De facto você está com um ar muito bonito e feliz!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os suecos aparentemente amam Koh Lanta... tem muitos por lá, inclusive morando. Soubemos que tem até escolas suecas na ilha :)

      Excluir
  3. Aquele relato tão bom de ler que a gente viaja junto, me imaginei lá na praia tomando uns drinks com vocês! haha
    Essa Tailândia é linda de doer, né? Olha essas rochas!
    Nunca parei pra pensar do pq que os lugares na Tailândia começavam tudo com esse ''koh'', agora tudo faz sentido, obrigada! haha
    Seus posts de lá ainda não acabaram, mas vou ficar com saudades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tudo maravilhoso mesmo! Estou escrevendo esses relatos e viajando de novo. Já quero voltar!

      Excluir
  4. Gabi, quando fomos pra Tailandia escolhemos Koh Lanta pelo mesmo motivo que voce. Mas como era baixa temporada (julho) ficamos em Railay também e é realmente maravilhosa mas acho que o fato de ter sido baixa temporada foi o que fez a experiencia ser mesmo boa. Em Koh Lanta porém foi onde tivemos a intorxicaçao alimentar da viajem bem no dia em que iamos fazer o passio de barco pra Phi Phi... Fora isso foi uma escolha muito boa, a tranquilidade e as praias vazias sao mesmo impagaveis (foi là também que um macaco tentou roubar nossa mochila :D). No mais, to adorando ler sobre a sua viajem!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero muito ir a Railay em baixa temporada, deve ser tão linda! E que pena a intoxicação alimentar, da aquela estragada na viagem né :(

      Excluir
  5. Que delícia de relato, de post, de lugar!
    Deu vontade de conhecer cada cantinho das fotos...
    Beijos!
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir

Follow @ Instagram

Back to Top