A volta dos que não foram

Tem hora que eu não sei nem por onde começar. Tenho vindo super pouco aqui no blog, e não é por falta de assunto. É mesmo que a vida real anda tomando muito do meu tempo, da minha energia, da minha criatividade. Eu sabia que quando começasse a trabalhar e entrasse no modo automático, essa coisa do ócio criativo ia dar uma sumida rs... Embora não ande conseguindo nem pensar em assunto pra escrever, confesso que sinto falta do blog, da interação com gente interessante que conheci por aqui, de registrar coisas da minha vida. E por isso, achei de bom tom dar uma passada de leve pelos acontecimentos dos últimos meses rs.

Italia
Esse, sem dúvidas, foi o semestre italiano. Fui pra Italia 3 vezes dentro de poucas semanas. Ao Lago de Como com meus pais, depois para Cinque Terre e Milão para feriados. E gente.. ESSE PAÍS! Por que tão maravilhoso?! Comi comidas deliciosas, vi paisagens incríveis, me senti em casa com gente muito boa, e também dei risada do mal humor de certos italianos rs. Além de tudo, quem mora na Suíça aproveita visitas aos países vizinhos pra fazer comprinhas, e eu não fiz diferente. Pra coroar tudo, ainda encontrei uma grande amiga por algumas horas. E foi excelente! Eu vou sentar pra escrever aqui sobre Como e Cinque Terre, porque acho que vale a pena em tem umas dicas boas pra dar. Agora Milano, se fala tanto sobre ser capital da moda, do luxo, e não sei que mais, que eu esperava uma cidade podre de chique. E não é. Tem sujeira, gente demais, carros demais, não achei fácil de gostar. Mas curti Milão numa vibe diferente, meio que de cidade grande, que por mais que não seja a mais bela de todas, tem muito a oferencer. E fica ainda mais interessante quando você vive a vida na regradinha Suíça rs. Daqui de Berna são só 3h no trem, portanto, Milão que me aguarde. Voltarei. 
Navigli em Milão
Die Länggasse
Nos mudamos em fevereiro e a cada dia que passa eu amo mais esse bairro. Além da conveniência de estar pertíssimo da estação de trem, do centro da cidade, de fazer tudo andando, ainda é cheio de restaurantes, bares e vida. Tem rua fechada pra picnic no fim do dia, tem as casinhas mais fofas dessa Berna, muitas jovens famílias, estudantes universitários, uma filial da melhor sorveteria. Eu poderia passar um bom tempo falando das coisas boas que encontro por aqui, porque mesmo depois de quatro meses de intensa exploração, seguimos encontrando coisinhas novas. Sinto que encontrei nosso lugar: nosso apartamento, nossa vista da janela, e o entorno. Tenho amigos morando aqui, a gente se encontra sem combinar pela rua, fazemos jantares noite a dentro porque ninguém precisa pegar transporte na saída, encontramos festinhas aleatórias espalhadas pelo bairro. Não ligo de viajar 1h por dia para Zurich, porque fico feliz demais de voltar pra cá todos os dias.

Não é fofo demais?!

Trabalho
Falando em viajar pra Zurich... Pra morar onde eu moro, e trabalhar onde trabalho, eu tenho que viajar. E viajo feliz, porque da mesma forma que estou amando o bairro, estou amando meu trabalho. Mesmo com todas as complexidades, dificuldades e frustrações, tem sido um grande aprendizado, uma super expriência, e eu estou me desenvolvendo em várias direções. Estou trabalhando muito, mas quase todo dia termino feliz, exausta mas feliz. Mas ainda to longe de ter sossego: trabalho sob um contrato temporário que acaba em 31 de dezembro. Agora começa a luta para ser efetivada.

Saúde
Há uns dois meses eu comecei a fazer aula de Body Pump. To meio chocada com a gravidade que atingiu meu corpo de uns 2 anos pra cá, e resolvi fazer algo a respeito. Pra falar a verdade, nem sei se vi algum resultado no físico, mas no psicologico ta sendo ótimo hahaha.. saber que eu tenho tentado fazer alguma coisa além de reclamar já me acalma. Hoje também corri a Frauenlaufen, uma corrida só de mulheres em Berna. É um evento super legal. São mais de 10 mil mulheres que participam, em algumas diferentes modalidades: 10km, 5km, ambos corrida e nordic walk (que é aquela caminhada rápida com os pauzinhos de apoio). Tem gente de todas as idades, crianças correndo com suas mães, senhoras bem mais velhas, amigas vestidas em grupo. A organização é toda feita por voluntários, e no dia da corrida mesmo, a maioria dos voluntários são crianças e adolescentes. Eles entregam água nos pontos de apoio, entregam os brindes, acodem quem precisa de ajuda, é uma graça de ver. A cidade vai toda pra varanda, pra calçada, incentivar e torcer pela mulherada. Tem bandas, e é uma energia incrível. Esse ano eu não treinei, só me inscrevi e fui. Acabou sendo bem difícil, mas terminei os 5k sem caminhar no meio, e com um tempo ainda melhor que do ano passado rs. Vai entender... enfim, minha breve carreira de musa fitness é essa daí. E to feliz com ela rs.

A vida ta assim... e acho que lendo assim, elencadinho, tudo que tem me ocupado, deu pra perceber porque ta faltando tempo pro blog. Mas antes devagar do que parado, né?! 

12 comentários:

  1. Que fase deliciosa! Imagino que esteja te desgastando um pouco, mas é tão bom ver que as coisas estão dando certo, né? Sobre o ócio criativo, infelizmente é assim. Mas acredito que quando seu corpo se habituar a criatividade vem como tudo <3. Amei demais o local onde está morando e deve ser maravilhoso acordar com essa vista todos os dias *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ver tudo dando certo faz todo o cansaço valer a pena.

      Excluir
  2. Adorei seu esse seu artigo, realmente é um dos melhores blog que estou visitando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus favoritos ❤️..

    Meu Blog: Resultados das Loterias Estaduais

    ResponderExcluir
  3. Que delícia ler uma atualização da sua vida e saber que está tudo correndo bem. Inclusive, você literalmente correndo e bem. hahahha Ai Cinque Terre, só memórias maravilhosas de lá. Vi teus stories e me deu muita saudade. Já faz 2 anos daquela viagem, tu crê? Acho que tem muita coisa acontencendo na vida de todas que acompanho e os blogs estão ficando abandonadinhos, mas fico feliz em saber que é por ótimos motivos. Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Itália sempre linda, né? Aff, quero morar lá um dia. E isso mesmo, cuidar do corpo tb reflete na mente.

    ResponderExcluir
  5. Essa tal de gravidade, que coisa mais chata haha. Gabi, tô feliz de saber que vc está bem, que está feliz com o trabalho. Isso é incrível. Espero que consiga ser efetivada. Some não, viu. Nem que seja para dar um rápido alô.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. parece que pra todo mundo essa vida de "blogagi" tá meio devagar, né?! mas é sempre bom saber de você ;)

    ResponderExcluir
  7. Cheguei por aqui agora e já amei demais seu blog. Que cidade fofa essa que você tá morando.
    Vou ficar acompanhando o blog, porque realmente curti.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderExcluir
  8. Que delicia todos esses teus passeios na Itália, Gabi! Tão bom poder pegar o trem assim e não muito tempo chegar em outro país e nesses lugares. Vantagens de se estar na mainland que é tudo coladinho haha
    Tb percebi que a blogosfera anda tomando um rumo mais slow, eu tb inclusive já não posto com tanta frequencia como antes, mas como tu disse, antes devagar do que parado. E sempre otimo vir aqui ler sobre o que vc anda fazendo e tua vida Gabi.
    Imagino que agora vc esteja ai aproveitando o verão de todas as formas que der hahaha
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos aqui, entre um mergulho e outro, fazendo o máximo desse verão porque ele é curto! Beijos

      Excluir
  9. Nossa que texto legal, amei seu blog... Vi que sempre tem textos legais! Estou adorando visitar e ler seus textos..

    Parabéns!


    Meu Blog: Blog Loterias

    ResponderExcluir

Follow @ Instagram

Back to Top