08/12: Agosto

E eu sigo prometendo, mas só aparecendo de mês em mês rs... Porém prefiro isso a nada. Então se você ainda tiver saco pra mais um resumo de mês, vem comigo 

Comecei o agosto entrando de férias. Parece que foi anos atrás, mas foi só mês passado. Depois de trabalhar uma semana em horários bizarros, pude finalmente aproveitar a California. Fomos pra praia, fomos pra Disney, fizemos umas compras, comemos coisas gostosas, brincamos muito na piscina, e nos curtimos muito. Foi relaxante, foi um abraço na alma depois de um ano e meio de stress e ansiedade. 






De volta em Zurich, a vida voltou ao normal: chuva e trabalho. Mas eis que tivemos sim uns dias de verão, e eles foram devidamente curtidos na beira do rio aqui, e também em Berna <3 Entre uma coisa e outra, na esperança de termos agora mais visitas, demos uma mudada nas coisas aqui em casa. Desde julho tenho ido ao escritório duas vezes por semana, e essa vai ser minha rotina, independente de pandemia, e por isso também fez mais sentido organizar um home-office mais confortável. Ainda falta um tapetinho e pendurar um quadrinho, mas já fiquei feliz. 

Verão de muita chuva...

E por isso aproveitamos todo e qualquer dia de sol

Foto de qualidade bem meh, mas importante registrar meu pulo da ponte no Aare rs

Dia de escritório

E dia de home office

E cheirinho no Carlito, sempre

Agora bora pro balanço mensal: 

- cuidar do corpo e da saúde: por incrível que pareça, Agosto foi um bom mês. Se por um lado na California comi e bebi muito além do que deveria, por outro me exercitei quase todos os dias. Não me arrependo de nada rs. Na volta, fui correr atrás do tempo perdido e voltei a me alimentar melhor. Andei trabalhando muito e sem energia pra me movimentar, o que não é bom. Mas o saldo final do mês foi bem positivo nesse quesito. 

- ler um livro por mês: li a Biografia da DV: Diana Vreeland, uma ícone da moda do século passado. Diana foi editora chefe da Vogue nos anos 70, e ditou muita moda mundo afora. A realidade de alguem que nasceu podre de rica nos anos 1900 contrasta demais com o que é bem aceito, bem visto, nos dias de hoje. Então me tomou uma dose extra de paciência e tolerância ler alguns trechos do livro. Mas foi uma leitura interessante, a mulher teve uma vida cercada de luxo, famosos, e foi de uma super influência. Em vários momentos, no entanto, fica bem claro como a elite, seja ela de onde for, é um grande atraso. 



- ser menos procrastinadora: já fui melhor, já fui MUITO pior.

- visitar cantões não visitados: nada

E agora, vou me despedir do verão la fora, e mais uma vez, espero voltar aqui antes do mês acabar. Mas se não rolar, até mês que vem rs. 

2 comentários:

  1. Adoro teus resumos do mês, pode continuar fazendo hehe. Nunca entendo como vc se considera procrastinadora. Talvez vc procrastine coisas específicas, mas está vivendo a vida adoidado, então considero o saldo positivo. Sempre admiro a tua elegância andando de bike. Eu ainda estou tentando me entender aqui com esse meio de transporte. É muito mais complexo do que eu imaginava. Aproveite bastante o restinho do verão aí. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi! Saudades de passar por aqui.. e eu tb curto ler seus resumos do mês! Fico boba no tanto de coisas que vc faz e aproveita sempre seus tempos de lazer ao maximo. Tb concordo com a Ale e nao entendo como vc se considera procrastinadora haha
    Esse verão parece que foi chuvoso em mtos lugares. Aproveite o restinho dele. Beijos!

    ResponderExcluir

Follow @ Instagram

Back to Top