Quase um ano novo

Em alguns posts por aqui falei sobre a questão do visto que eu tinha, como dificultava para eu encontrar um emprego, e as perspectivas de que em julho desse ano tudo se resolveria. Me resignei a ficar 2 anos fora do mercado e segui a vida: comecei um curso, segui curtindo a Suíça e programei férias bem longas. A idéia era ter essa questão do visto resolvida, e em algum momento do segundo semestre começar a trabalhar - e nessa vida de escritório, férias de 5 semanas acho que nunca mais rs. 

Pois bem. Lá pra maio, mesmo sem ter 100% de certeza de que o visto ía rolar, eu comecei a mandar currículos. Deixei meu CV bem redondinho no formato que aprendi que o mercado suíço gosta, comecei a caprichar muito nas cartas de motivação (que odeio, diga-se de passagem hehe), comprei umas roupas para entrevista, passava horas do dia fuçando o Linkedin, entrei no modo fight, sabe como é?! E comecei a ter um retorno bem legal. Fui chamada para algumas entrevistas, e um processo começou a engrenar. 

Nesse meio tempo fui ao Departamento de Imigração para tentar saber com mais certeza o que aconteceria no meu processo. Me mandaram na Gemeinde, a comuna. Fiquei que nem barata tonta rodando por aí e rolou muita frustração, mas sobre esse processo vou contar num post a parte. Fui ao trabalho de Mati e rodei uma pequena baianinha lá no RH. As coisas estavam em via de começar a acontecer pra mim, e tudo que eu não queria era que desse alguma merda por conta do visto. 

Quando eu estava certa de que ia fechar com uma empresa, apareceu uma outra vaga, e numa entrevista pá pum, fui com a cara da chefe, a chefe foi com a minha cara, rolou aquele match tinderesco maravilhoso, e eu, que passei dois anos desempregada choramingando pelos cantos, de repente tinha duas ofertas na mesa. 
Acabei optando pela vaga que, embora temporária e com uma remuneração inferior agora, tem mais potencial para o futuro. Foi uma aposta, e exatamente o tipo de desafio que eu sempre curti pra minha carreira. Ontem comecei a trabalhar e a vida está toda diferente. Vou para Zurich todo dia, toda fantasiada de advogada rs. Para quem saia das cama 10h da manhã e andava xexelenta o dia inteiro, já dá um impacto, né? hahaha... Além disso, rola toda uma diferença de não ter meu tempo inteiro só pra mim rs. Estou ainda pensando em como adaptar essa nova rotina às necessidades do dia a dia, mas com o tempo chego lá. Eu estava preparada para em algum momento do segundo semestre começar a trabalhar, mas nem nos meus melhores sonhos imaginei que eu sairia de férias já empregada e começaria logo depois do retorno.
Toda travestida de advogada, mas e a cara de mamona, como lidar?! hahahaha
Mas o principal mesmo foi o alívio de tirar esse grande obstáculo na frente, o tal do visto. A nossa vida aqui agora muda por uma série de coisas:
- deixamos de nos sentir temporários, deixamos de sentir como se não tivéssemos propriamente assentados aqui. Nosso visto agora é de RESIDENTE, assim somos considerados, e assim podemos nos sentir; 
- temos a segurança de que agora ficamos na Suíça. A gente já há um tempo tinha a certeza de que queríamos ficar, mas era insustentável se eu não tivesse um emprego, por questões emocionais e financeiras, claro; 
- com o visto posso dar entrada na cidadania italiana aqui, e ela saindo, ficamos atrelados a mim, e não ao trabalho de Mati. Ou seja, mais segurança para nós.

E por que "quase ano novo"? Porque eu to sentindo como se tivesse vivendo um grande recomeço. O alívio, a alegria, de conseguir esse visto foi absurdo. O trabalho nem se fala. E agora eu estou começando a viver a vida que eu sempre sonhei por aqui. É uma nova fase, e eu to celebrando como tal. Eu precisava desse rito. Sendo assim, feliz ano novo pra mim, e pra vocês!

22 comentários:

  1. Que maravilha, Gabi, parabéns!!
    Eu estou num esquema parecido por aqui: depois de mais de 2 anos de desemprego na América, começo dia 27 em uma vaga que é tudo que eu sonhava. E pra dar ainda mais cara de "ano novo", estamos mudando de apartamento (com dois salários dá pra bancar um lugar mais legal). Tenho uma conta de banco no meu nome de novo. Comprei roupas novas (fazia tempo...). Conhecerei mais pessoas. O domínio da língua vai melhorar, a integração cultural de forma geral também. E assim como você (mas pior, porque a regra aqui é pior), terei muito menos férias. Mas esse pormenor não está tirando meu bom humor... hehehe Feliz Ano Novo pra nós!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que legal, Olga! Boa sorte pra você, que seja tudo que você espera e ainda mais. E sim, a questão de férias aí nos EUA é um dos motivos pelos quais eu nem tenho vontade de ir morar aí, rs... é complicado. Mas você vai se dar muito bem!! Que seu começo seja muito promissor! Beijos

      Excluir
  2. Oi Gabi, sou sua leitora há um tempinho mas não lembro se já comentei alguma coisa...Menina, fiquei tão feliz com seu post! Que vc tenha muito muito sucesso nesse novo recomeço! :-)

    Aline

    ResponderExcluir
  3. Ai Gabi, chega até dar uma emoção ler esse post! QUE COISA MAIS MARAVILHOSA!
    Parabéns pelo visto, pelo emprego, por esse novo (re) começo na vida por aí.
    Vibrei aqui com essa conquista, que demais saber que agora você tá exercendo sua profissão em terras suiíças e ainda sai toda gatona dessa jeito, que isso molier <3
    Muito sucesso nessa nova fase por aí, arrrasaaaa!

    ResponderExcluir
  4. Gabi, que legal saber dessa novidade! Parabéns pelo emprego e pelo visto e sucesso nessa nova etapa da sua vida. You rock, girl!

    ResponderExcluir
  5. uhuuuuuuu!!! Feliz por vc, Gabi. Bom ano novo!!!!

    ResponderExcluir
  6. Gabi, fiquei super feliz e orgulhosa de você! Parabéns! É muito bom ver uma conterrânea conquistando seu espaço no exterior porque sei que não é fácil e também sei o quão feliz esse tipo de coisa nos deixa. Está lindona de advogada! Parabéns demais e depois volta aqui pra contar como tá sendo esse retorno ao mercado de trabalho? Beijos e parabéns mais uma vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me senti muito orgulhosa também, e fico tão feliz quando recebo esse tanto de vibe boa aqui no blog <3 Obrigada por torcer por mim!

      Excluir
  7. Parabens!!! To super feliz por voce, e suas conquistas, e como dizem por aqui que Agosto e um ano e nao um mes, entao realmente e um feliz ano novo e desejo tudo de bom nessa nova etapa.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. que demais, feliz ano novo pra ti ♥ novos ciclos são tão emocionantes :) e é muito gostoso ver as coisas fluindo né? sucesso ♥

    ResponderExcluir
  9. que sensacional, gabi! muito, mas muito feliz por você.
    e embora dois anos pareçam um tempo infinito, foi tudo muito rápido sim.
    aproveita essa nova fase. as coisas väo se ajeitar ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico tão feliz de ver essa rede de coisa boa que aconteceu nesse blog<3 Obrigada, Ana!

      Excluir
  10. Que felicidade, Gabi! Parabéns e depois conta mais para a gente do emprego :-) bjs e muito sucesso nesta nova fase

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho! Em breve venho contar sim, to só tentando entender primeiro hahaha. Beijos!

      Excluir

Follow @ Instagram

Back to Top